Câmara de Propriá aprova cancelamento do recesso parlamentar do mês de julho

por Mozzarth Almeida publicado 22/05/2020 19h50, última modificação 21/07/2020 14h45
O Plenário da Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade na última quinta-feira, 21, o Requerimento nº 081/2020, onde solicitava a discussão da suspensão do recesso parlamentar do mês de julho de 2020, de autoria do presidente da Casa de Leis, Aelson dos Santos (PSD).

De acordo com o requerimento, a solicitação tem o objetivo de possibilitar o Poder Legislativo ficar atento e acompanhe melhor o período de pandemia, podendo a qualquer momento o Executivo enviar projetos que trate de assuntos sobre covid-19 e qualquer vereador possa apresentar propositura sem a necessidade de convocação extraordinária.

Os vereadores Jairo do Bairro Matadouro (SD) e Heldes Guimarães (PSD) endossaram o requerimento, que segundo eles, é uma proposta extremamente relevante para o parlamento e população propriaense, onde focando no combate ao covid-19, ações serão sugeridas e fiscalizadas em tempo real.

Durante a discussão, levantou-se a possibilidade, a fim tentar minimizar o risco de contagio, que as sessões ordinárias sejam realizada apenas um vez na semana, devido que ainda acontece por meio presencial, porém, com a duração de mais uma hora acima do tempo regimental.

Vale ressaltar que as sessões têm acontecido apenas com a presença dos parlamentares e um número reduzido de servidores na assistência, seguindo todas as recomendações de distanciamento social, além da disponibilização, por meio do Poder Legislativo, de máscaras, álcool gel 70% e aferimento de temperatura, direcionado aos parlamentares e servidores.
error while rendering plone.comments